Os seis pilares do blog corporativo

Tempo de leitura: 2 minutos

Uma brincadeira de adolescente, um diário virtual, um espaço para contar o dia-a-dia. Foi assim que, por volta de 1997, começaram a surgir os primeiros blogs. Quando essa “nova mania” começou a circular na rede, especialistas e

profissionais não poderiam imaginar que os blogs se tornariam, mais tarde, uma forte ferramenta da comunicação.

Diante desse cenário, as empresas encontraram no blog um importante meio de comunicação interna e externa. Razoavelmente nova, algumas companhias ainda oferecem resistência a essa forma de interação entre funcionários e

clientes. Dentro de uma organização, os blogs podem ser utilizados como instrumento para compartilhar conhecimento, acompanhar projetos, colaborar com o crescimento da empresa, descobrir empreendedores.

pilares

Há seis pilares básicos para uma comunicação eficaz na internet e principalmente com blogs. Talvez haja alguns pontos em comum, mas o que torna eficaz um blog corporativo é resumido nos seguintes destaques:

  1. Display: Todas as empresas podem escrever e publicar um post e imediatamente estar visível em toda a rede, independentemente da linguagem adotada e a área geográfica a que pertencem. Eles podem fazer isso de forma barata e com frequência.
  2. Rastreáveis: Graças aos mecanismos de busca e ferramentas de compartilhamento, como as redes sociais, as pessoas – clientes, no caso das empresas – podem ser encontradas pelos termos de interesse, com a realização de uma pesquisa usando o nome do autor ou da empresa.
  3. Social: A blogosfera é uma conversa que pode levar o leitor de um blog para outro, mantendo como uma diretriz um tópico específico usando o link.
  4. Viral: As notícias são transmitidas mais rapidamente através do blog e redes sociais. Nenhuma mídia é capaz de aplicar um marketing viral tão eficaz.
  5. Distribuível: Através do serviço de feeds RSS você pode receber todas as atualizações de seus blogs favoritos diretamente via e-mail ou serviços de agregação. Desta forma, é possível inverter o fluxo de notícias. Não é mais o jogador que irá para o conteúdo, mas sim o contrário.
  6. Connectable: Graças aos links, cada blog pode ser conectado a qualquer outro blog na rede.

Tomados individualmente, esses recursos parecem triviais, mas juntos eles podem se tornar pilares de um blog corporativo para qualquer empresa no mercado.

Uma brincadeira de adolescente, um diário virtual, um espaço para contar o dia-a-dia. Foi assim que, por volta de 1997, começaram a surgir os primeiros blogs. Quando essa “nova mania” começou a circular na rede, especialistas e

profissionais não poderiam imaginar que os blogs se tornariam, mais tarde, uma forte ferramenta da comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *